Consultoria em Gestão e Operações

O conhecimento sobre os sistemas de gestão e melhoria de processos

Melhoria da produtividade

A situação atual do tecido empresarial na qual nos encontramos imersos obriga a desenvolver estratégias cuja finalidade esteja diretamente focalizada em trabalhar com eficácia e eficiência, de maneira a que os Resultados obtidos garantam a perdurabilidade da nossa Organização.

O contexto económico atual já obrigou muitas organizações a abordar os seus projetos de melhoria com enfoques radicalmente distintos dos esquemas habituais, de maneira que se priorizem projetos dirigidos principalmente à obtenção de resultados tangíveis para, em fases posteriores – e uma vez consolidada a melhoria – estabilizar as ditas melhorias através de Sistemáticas de gestão, processos e operações, rompendo assim, com o enfoque tradicional de abordar Sistemas de Gestão (Qualidade, Ambiente, Segurança, etc.) com a confiança que estes geram resultados positivos:

MejoraProductividad

Esta abordagem não se opõe às melhorias resultantes das abordagens tradicionais, onde a homogeneização dos comportamentos e atividades relacionadas com a gestão dos diversos procedimentos internos desenvolvidos implica a incorporação das melhorias identificadas durante o exercício de reflexão e abordagem associado às tarefas analisadas.

Para atender a esta nova abordagem para a melhoria, e fruto da experiência adquirida pelos nossos profissionais com mais de 20 anos de experiência, nós colocamos à disposição das diferentes organizações, tanto no domínio público como privado, este tipo de serviço de consultoria que visa dar resposta às necessidades específicas que nos transmitem os nossos clientes e que podem concentrar-se no desenvolvimento dos seguintes serviços orientados para otimizar os parâmetros a seguir:

  • Prazos de entrega / Execução, analisando os distintos aspetos que lhe dizem respeito e a sua adequação às necessidades exigidas pelos clientes e pelo mercado como a sua otimização/redução.
  • Custos de produção / operativos, de maneira a que se consiga uma maior competitividade no mercado e se incremente a rentabilidade dos produtos / serviços de cada Organização.
  • Defeitos / Rejeitados / Incidências, analisando as causas que os produzem e definindo planos de Acão especificamente orientados para a sua redução, proporcionando assim os níveis de qualidade associados à excelência.
  • Processos, de forma coerente com o planeamento feito anteriormente de modo a rever as operações para que assim se possa obter a redução de prazos, custos e defeitos. No âmbito deste processo de reengenharia de processos aborda-se a inovação como mais um elemento de melhoria.

Para atingir estes objetivos, a nossa forma de trabalhar é realizar uma análise dos processos operacionais, com a finalidade de identificar o nível de produtividade e gestão corrente, para posteriormente estabelecer planos de ação e, assim, alcançar a melhoria desejada. Estes planos de Ação permitem alcançar melhorias significativas na gestão, redesenhando os processos, adaptando a organização e os recursos e implementando os sistemas operacionais necessários para alcançar a longo-prazo a consolidação das melhorias.

 

  • Projetos de melhoria mediante a metodologia

 

A implementação de projetos que visem a melhoria e redução de custos por meio da metodologia LEAN, permite essencialmente a adaptação dos sistemas de produção ou prestação de serviços, para as modificações e alterações no comportamento da procura, produzindo os bens necessários, no momento certo e nas quantidades exatas e eliminando atividades e ações que não agregam valor aos clientes.

A metodologia de gestão LEAN (Magro, Delgado) reúne um conjunto de princípios e de ferramentas que conduzem à melhoria da eficácia dos processos como um todo, através da aplicação de técnicas que permitem ajustar os serviços e o ritmo de atividade para a procura real dos clientes em cada momento.

A aplicação dos princípios e ferramentas de LEAN proporcionam  melhorias radicais em parâmetros produtivos típicos:

  • Os tempos totais de processo (lead time) reduzem enormemente após a eliminação das esperas e interrupções de fluxo típicas de processos produtivos em lotes.
  • A produtividade consegue elevados aumentos devido à redução do uso dos recursos e ao aumento dos fornecimentos por unidade de tempo
  • A minimização dos trabalhos em lote reduz drasticamente os inventários e a acumulação ao longo do processo.
  • A qualidade aumenta como resultado do menor impacto dos defeitos dos lotes porque estes são menores.

A qualidade melhora devido à menor incidência de erros por perda de informações nas interrupções nas interfaces dos processos, e a maior visibilidade dos problemas de qualidade ao tentar manter um fluxo contínuo.

 

  • Melhoria de Produtividade

Para a otimização dos sistemas de gestão de produção / operações é necessário trabalhar com diversas ferramentas que são aplicadas em função das necessidades específicas de cada organização. A saber:MejoraProductividad2

  • Mapas de Fluxo de valor,
  • Identificação de pontos de estrangulamento e de eliminação de desperdícios.
  • Organização dos Postos de trabalho ou 5S´s.
  • Medição e otimização do tempo de atividades,
  • Eliminação de tempos mortos e reduzindo os tempos de mudanças (Técnicas SMED).
  • Gestão e manutenção industrial (TPM).
  • Metodologias e Ferramentas Seis Sigma.

 

  • Reengenharia de processos

Como uma ferramenta para a melhoria, passar para a gestão por processos significa estabelecer um Sistema de Gestão que garanta que as decisões tomadas numa organização estão sustentadas pelos resultados obtidos nos processos que são realizados, por isso, e consequentemente, revertem para uma melhoria dos mesmos. Este tipo de projetos é normalmente composto pelas seguintes tarefas:MejoraProductividad3

  • Identificação dos processos da organização, o que inclui a sua definição e descrição documentada, na qual aparecem os critérios e responsabilidades associados à sua realização.
  • A identificação e definição dos indicadores que aportem um máximo de informação sobre se os processos alcançaram os resultados planificados, proporcionando um conjunto de indicadores para a Direção.
  • O estabelecimento dos parâmetros adequados para os indicadores identificados, de maneira alinhada com a abordagem estratégica da organização.
  • A identificação de oportunidades de melhoria a incluir nos distintos processos, tanto operativos como de apoio e a análise de viabilidade dos mesmos (Custo – beneficio)
  • A implementação efetiva das melhorias acordadas nos processos, incluindo a reengenharia dos mesmos até ao nível que se aplique a incorporação de derivados de I+D+i.
  • A tutela dos efeitos / melhorias decorrentes da implementação realizada.

 

  • Construção de quadros de estratégias globais

As estratégias indicadas pela Direção levam associado o estabelecimento de uma série de objetivos nos distintos níveis da Organização. Como ferramenta de melhoria, o seguimento destes objetivos deve-se realizar através de um Quadro de Indicadores de Gestão da Organização, que proporciona as seguintes vantagens:MejoraProductividad4

  • São a base para a tomada de decisões nos distintos níveis de Gestão.
  • Proporcionam à Direção uma informação contínua sobre o andamento dos processos e atividades dentro da Organização.
  • O “simples” facto de medir, contribui para que o pessoal da Organização concentre os seus esforços para conseguir os resultados esperados.

 

  • Grupos de Melhoria

O objetivo deste tipo de projetos é o de formar os profissionais da própria organização em técnicas de comunicação, motivação, animação, liderança, etc, que permitam liderar Grupos de Malhoria Contínua, para que implementem uma dinâmica de trabalho efetivo capaz de dinamizar o grupo, aportando soluções criativas e problemas e/ou melhorias de serviços e processos de uma forma eficiente.

 

  • Formação e Sensibilização

Uma via indispensável para conseguir a melhoria da organização em termos globais, é sem dúvida através de ações de formação e sensibilização dos profissionais que a compõem. A capacidade da EUROCONTROL para a execução de formação a medida dos clientes, sustentada no conhecimento técnico e prático sobre as matérias ensinadas, na experiência no desenvolvimento das mesmas e na formação e conhecimento setorial dos seus profissionais. Para além disso a sua experiência no desenvolvimento de ações de formação, a EUROCONTROL desenvolve ações de formação tanto de forma direta as Organizações que necessitem, como através de Escolas de Negócios ou Empresas de Formação que precisem dos nossos serviços para ministrar ações formativas, tanto em formato presencial  como “on line”.

O percurso profissional da EUROCONTROL e o conhecimento dos vários setores, faz com que estas ações formativas sejam particularizadas para a atividade específica de cada cliente.

Envie-nos o seu pedido

Nós entraremos em contacto, se preferir

+351 224 062 343

Actualidad

Não há entradas nessa área

Novedades Normativa

Não há entradas nessa área